Os Princípios Fundamentais

Escultura "O Pensador" de Auguste Rodin.
Escultura “O Pensador” de Auguste Rodin.

 

Os espíritas são os adeptos do Espiritismo. Alguém só pode ser espírita se está convencido dos princípios fundamentais da doutrina ditada pelos Espíritos. O primeiro passo para ser espírita é conhecer, e assim é preciso ler e estudar. Segue abaixo um breve resumo feito por Kardec.

“Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom. Criou o Universo, que abrange todos os seres animados, e inanimados, materiais e imateriais. Os seres materiais constituem o mundo visível ou corpóreo, e os seres imateriais, o mundo invisível ou espírita, isto é, dos Espíritos. O mundo espírita é o mundo normal, primitivo, eterno, preexistente e sobrevivente a tudo. O mundo corporal é secundário; poderia deixar de existir, ou não ter jamais existido, sem que por isso se alterasse a essência do mundo espírita.”

“Os Espíritos revestem temporariamente um invólucro material perecível, cuja destruição pela morte lhes restitui a liberdade. Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos. A alma é um Espírito encarnado, sendo o corpo apenas o seu envoltório. Há no homem três coisas:

  1. o corpo ou ser material análogo aos animais;
  2. a alma ou ser imaterial, Espírito encarnado no corpo;
  3. o laço, ou períspirito, que prende a alma ao corpo.

A morte é a destruição do invólucro mais grosseiro. O Espírito conserva o perispírito, que lhe constitui um corpo etéreo.”

“Os Espíritos pertencem a diferentes classes e não são iguais, nem em poder, nem em inteligência, nem em saber, nem em moralidade. Os Espíritos não ocupam perpetuamente a mesma categoria. Todos se melhoram passando pelos diferentes graus da hierarquia espírita. Esta melhora se efetua por meio da encarnação.”

“Tendo o Espírito que passar por muitas encarnações para atingir a perfeição moral, segue-se que todos nós temos tido muitas existências e que teremos ainda outras, mais ou menos aperfeiçoadas. As diferentes existências corpóreas do Espírito são sempre progressivas e nunca regressivas.”

“As qualidades da alma são as do Espírito que está encarnado. A alma possuía sua individualidade antes de encarnar; conserva-a depois de se haver separado do corpo.”

“Os Espíritos encarnados habitam os diferentes globos do Universo. Os não encarnados ou errantes não ocupam uma região determinada e circunscrita; estão por toda parte no espaço. É toda uma população invisível, a mover-se em torno de nós.”

“As comunicações dos Espíritos com os homens são ocultas ou ostensivas. As ocultas se verificam pela influência boa ou má que exercem sobre nós, à nossa revelia. As comunicações ostensivas se dão por meio da escrita, da palavra ou de outras manifestações materiais, quase sempre pelos médiuns que lhes servem de instrumentos.”

“Os Espíritos se manifestam espontaneamente ou mediante evocação. Podem evocar-se todos os Espíritos. Distinguir os bons dos maus Espíritos é fácil. Os superiores usam de linguagem digna, nobre, repassada da mais alta moralidade, sem qualquer paixão inferior; a mais pura sabedoria lhes transparece dos conselhos, que objetivam sempre o nosso melhoramento. A dos inferiores é inconsequente, amiúde trivial e até grosseira. Zombam da credulidade dos homens e se divertem à custa dos que os interrogam.”

“A moral dos Espíritos superiores se resume, como a do Cristo, nesta máxima evangélica: Fazer aos outros o que quereríamos que os outros nos fizessem, isto é, fazer o bem e não o mal.”

“Ensinam-nos que o egoísmo, o orgulho, a sensualidade são paixões que nos aproximam da natureza animal, prendendo-nos à matéria; que o homem que, já neste mundo, se desliga da matéria, desprezando as futilidades mundanas e amando o próximo, se avizinha da natureza espiritual; que cada um deve tornar-se útil, de acordo com as faculdades e os meios que Deus lhe pôs nas mãos para experimentá-lo.”

“Ensinam também não haver faltas irremissíveis, que a expiação não possa apagar. Meio de consegui-lo encontra o homem nas diferentes existências que lhe permitem avançar, conformemente aos seus desejos e esforços, na senda do progresso, para a perfeição, que é o seu destino final.”

                                                                                           Por João Viegas

Comments

comments

Check Also

ESDE I – Inscrições Abertas

Caros irmãos, encontram-se abertas, até dia 14/03/18, as inscrições online para a turma de ESDE …

Deixe uma resposta